How I Met Your Father | Crítica do oitavo episódio

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

E chegamos ao oitavo episódio de ‘How I Met Your Father’. Após o morno episódio da semana passada, a série oferece um resultado se não igual, muito parecido: morno em essência, importante em história. Mas para eu chegar na conclusão, preciso abordar de antemão as premissas principais deste oitavo episódio:

A história principal envolve Sophie em sua caçada pela foto perfeita, enquanto Jesse segue buscando produzir suas próprias canções tal qual no episódio anterior. Já Sid e Ellen lidam com uma aparição surpresa. Por fim, temos Valentina e Charlie, que entram em apuros pela “vingança” da personagem interpretada por Francia Raisa realizada contra seu chefe.

O texto abaixo contém spoilers. 

Trata-se de Meredith, a ex de Jesse interpretada por Leighton Meester que rejeitou seu pedido de casamento em público. O dilema da dupla é em como conciliar a presença da ex com o desconhecimento de Jesse, contornando a situação com os jeitos mais clássicos de uma sitcom, em uma dinâmica relativamente bem executada. 

No entanto, a trama principal deixa a desejar em sua execução. Não por esbarrar em clichês, o que é relativamente comum, mas pela forma que os executa. Em alguns momentos, os dilemas colocados pelo enredo parecem bobos demais até para uma série da Nickelodeon. O exemplo mais factível é o de Sophie, que após quebrar o seu dente pela primeira vez ao cair na busca por uma boa foto, quebra-o mais uma vez em uma freada do carro de Jesse. Não é nada inadmissível, mas aliado ao marasmo do episódio, torna-o mais chato.

Antes de chegar ao fim, destaco a subtrama envolvendo Charlie e Valentina. O núcleo terciário da semana é o mais puro suco do clichê esquecível, mas arranca algumas risadas.

Todavia, a relação de Drew e Sophie parece ir para um caminho mais amargo. Após a revelação de que Drew ofereceu a Jesse um emprego visando sua estabilidade, o casal entra em um debate sobre se o mesmo se aplicaria à cônjuge de Drew. Aliado ao diálogo mostrado anteriormente entre os dois sobre o trabalho de Sophie, o roteiro a faz cair nos braços de Jesse. E ele, mala aos moldes de Ted Mosby, joga o “ele não te merece” e consagra enfim o primeiro avanço da relação: um beijo. Significativo, mas extremamente mal executado.

How I Met Your

Conclusão: O oitavo episódio de ‘How I Met Your Father’ é um checklist de clichês de sitcom. No entanto, apenas o terço de Sid e Ellen funciona de verdade. Claro, é um episódio de extremo valor ao potencial casal Sophie e Jesse, que parece ser o grande foco da série no futuro (novos Ted e Robin?), porém a fórmula insiste em uma visão mala do lado masculino. Se for para pegar inspirações da série-mãe (trocadilho não intencional), que sejam os bons aspectos.

Nota: 5/10

Mas e você, assiste a série, gostou do episódio? Comente!

Deixe um comentário!