How I Met Your Father | Crítica do sétimo episódio

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

E chegamos ao sétimo episódio de ‘How I Met Your Father’. Nesta semana, a primeira temporada amplia os seus holofotes e deixa de lado a vida afetiva de Sophie, seja familiar ou propriamente amorosa. Em ‘Rivka Rebel’ (em tradução, “Rivka Rebelde”), o foco é a carreira profissional da personagem de Hilary Duff: sua vida de fotógrafa.

Buscando trabalhar com uma especialista em obra de arte, a trama do episódio conduz a situação para que a protagonista tenha que provar seu próprio talento e senso artístico com o registro do bar mitzvah da filha de sua potencial chefe. E claro, como de costume, a adolescente é uma influencer besteirol que encontramos em qualquer sitcom contemporânea, se tornou um estereótipo bastante típico (e, na minha opinião, avesso ao humor escrachado bem feito, em especial com os diálogos medíocres e sem o menor dinamismo humorístico). Os bons dilemas no entanto se reservam à Valentina, que carrega as risadas dessa sequência do episódio.

Do outro lado, temos Ellen e Charlie discutindo sobre os momentos de sua vida, com um elemento central sendo um site de análises de ambientes comerciais de maneira geral, algo como as avaliações do Google. A trama obviamente possui uma reviravolta que dá a chance perfeita para que a dupla seja franca entre si, dando bons indícios nos diálogos de que devemos ver a construção de uma marcante amizade ao longo da série.

E por fim, temos Sid e Jesse lutando contra a procrastinação. Os dois decidem focar em seus afazeres: Sid, elencar a lista de convidados para seu casamento; Jesse, tentar voltar a compor depois de sua grande desilusão amorosa. De início, obviamente a ideia falha, e entrega uma engraçadíssima sequência de ambos com os rostos pintados de gato. Eventualmente os dois chegam em uma solução, mas a de Jesse envolve um elemento interessantíssimo que não foi implementado em vão: a sua inspiração musical veio de uma pulseira dada por Sophie no início do episódio. A série vem dando sinais nada tímidos de que um casal deve pintar em breve.

Met

Conclusão: O sétimo episódio de ‘How I Met Your Father’ não inova, tampouco é tão prazeroso de se assistir quanto os dois últimos. Volta aos desencontros de dinâmica, ritmo e senso humorístico, mas menos por uma conjuntura morna e mais pela periodicidade semanal, que nem sempre permite que o roteiro respire. No entanto, ainda que no geral morno, traz um ou outro bom momento, além de seu final abrir portas importantes no futuro. 

Nota: 6,5/10

Leia também: Demolidor chega ao Disney+ em marco no Canadá

Mas e você, assistiu o novo episódio de ‘How I Met Your Father’? Lembrando que a série chega ao Star+ em março. 

Deixe um comentário!